Síndrome do Impostor

Posted by: dev Comments: 2

A Síndrome do Impostor tem se mostrado de forma muito frequente em nossa sociedade. Ela tem ligações próximas com perfeccionismo, autocobrança excessiva, baixa autoestima e contexto social.

O sentimento que inunda é de pura insegurança e crenças limitantes por mais que na prática as provas denotem uma pessoa inteligente, assertiva, bem sucedida, que desenvolve projetos pessoais e profissionais bem estruturados. A pessoa é tomada por pensamentos recorrentes de que ela não é tão competente como as outras, começa um ciclo de comparação desnecessária e sem fim. Isso gera uma sensação de que, se for participar de alguma atividade ou processo seletivo, poderá ser descoberta porque julga-se inferior, não se vê como uma pessoa capaz e atribui ter chegado onde chegou apenas por pura sorte.

O ciclo do impostor funciona assim: quando uma pessoa recebe uma tarefa para realizar, isso gera um estado de alerta que vem acompanhado de ansiedade, insegurança e preocupação. Nisso, a pessoa vai seguir três caminhos: ou vai se autossabotar; ou vai procrastinar, deixar para fazer no último momento; ou vai se preparar de forma exagerada e exaustiva. Com essa percepção de esforço e ter conseguido só por sorte, os sentimentos de insegurança e ansiedade vão se tornando cada vez mais presentes. Esse ciclo pode aparecer na vida pessoal, profissional ou acadêmica, sendo essas duas últimas a de maior visibilidade por causa dos ambientes de alta competitividade.

Para lidar com a Síndrome do Impostor, fazer psicoterapia é fundamental! É preciso trazer à tona a consciência crítica, buscar evidências das nossas realizações que denotam o quanto somos capazes, valorizar conquistas e habilidades que às vezes a gente acha que não tem. Mudar a forma de pensamento e compreender que toda experiência é uma oportunidade de aprendizagem. É ENTENDER QUE CADA UM POSSUI VALORES E TALENTOS ÚNICOS, que vão somar aos valores e talentos das outras pessoas. Ressignificar os pensamentos e mudar a forma de encarar as conquistas, valorizar-se e exercitar a gratidão.

Comments (2)

  • A WordPress Commenter Reply

    Hi, this is a comment.
    To get started with moderating, editing, and deleting comments, please visit the Comments screen in the dashboard.
    Commenter avatars come from Gravatar.

    June 9, 2020 at 2:42 am
  • A WordPress Commenter Reply

    Hi, this is a comment.
    To get started with moderating, editing, and deleting comments, please visit the Comments screen in the dashboard.
    Commenter avatars come from Gravatar.

    February 17, 2022 at 2:17 pm

Leave a Reply

Your email address will not be published.